terça-feira, 13 de abril de 2010

EXPRESSÃO ESCRITA.


EXPRESSÃO ESCRITA 
PROPOSTA DE TRABALHO : Reflecte sobre tudo o que leste no livro : O GATO MALHADO E A ANDORINHA SINHÁ e, nos comentários do blog, redige a mensagem que, em tua opinião, o autor pretende transmitir ao mundo através desta história.

60 comentários:

Bruno disse...

Bruno Fernandes Nº5 8º4ª

O que o autor pretende transmitir é que o AMOR entre o Gato Malhado e a Andorinha Sinhá é entre eles e a opinião publica não pode ter interferência no sentimento.Mas aplicando o tema a vida real isto vai mais para os lados da discriminação e racismo por parte da Sociedade(os pais e amigos da Andorinha)não aceitarem as outras raças(O gato malhado) e eles foram o exemplo primário para todas as personagens.E o autor aonde quer dar mais cor é a parte de eles passarem por toda aquela ignorância das personagens os dois juntos sem se separarem.

vera disse...

No meu ver o autor da obra " a andorinha sinhá e o gato malhado" falasse das diferenças, de como o amor pode mudar muito as pessoas.
falanos de vários problemas na sociadade de hoje em dia, de como as pessoas julgam sem apenas pela sua aparência conhecer, ou por não se relacionar com os outros, falanos também de como as pessoas não entende de que o amor não tem raça,estado social, religião ... e.t.c , o amor é o amor e é puro por mais que não qeiramos... Nesta história todos julgavam ser sabios para diferenciar o gato malhado, mas ele na realidade era um bom animal só que ninguém lho dera a oportunidade para ele o mostrar, apenas andorinha sinhá conseguira ter essa genuriosidade para o fazer. Mas mesmo assim as diferenças que os unia os separaram , andorinha é "obrigada" a cassar e o gato matasse por perder o seu unico e verdadeiro amor, mas as memórias ninguém podia apagar poque essas permaneciam dentro de cada um deles com muito carinho, porque o passado ficaria para sempre nos seus corações. A felcidade dos outros nao somos nós qe escolhemos mesmo que essa felicidade não seja perfeita aos nossos olhos... Neste caso o amor não acabou por ganhar. Compriendo que os pais tenham receio pela sua filha mas eles não entendem nem querem entender que ela gostára de verdade daquele gato gordo e feio , mas que tinha um grande coração .
É uma optima história para mim .
Uma bela lição para quem o ler e entender.

Vera Varela
nº 25
8º4ª

:D

Diogo disse...

Ora bem o que o autor pretende transmitir é que por vezes as pessoas julgam ou avaliam pessoas que aparentam ou pelas suas caracteristicas fisicas ou por não falarem com ninguém ser uma pessoa má. Na realidade o Gato Malhado tem apenas uma certa dificuldade em criar relações , motivo pelo qual os vizinhos tinham receio dele . Acho que a Andorinha foi muito corajosa , por ter deixado o rouxinol e por ter aceitado a diferença do gato malhado.

Tiago disse...

O autor do conto: O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá a mensagem que, o autor quer transmitir, na minha opinião que no mundo dos homens que o amor é uma coisa muito bonita mas se nós não cuidarmos dele e não tratarmos muito bem, vai tudo por água abaixo.
A trova de Estêvão da Escuma: «O mundo só vai prestar (…)», pág. 11.
Tem tudo a ver com a história do «Gato Malhado e a Andorinha Sinhá» afinal é uma história de amor. É o amor entre dois animais diferentes.

Tiago Correia nº 24 8º4ª

eliana disse...

eu acho que o autor nesta história tenta transmitir que a aparência não conta mas sim o interior da pessoa

cellist disse...

O autor pretende transmitir que o amor pode ultrapassar barreiras.
Não se pode descriminar uma pessoa por não ser da mesma cor, por não ter os mesmos defeitos e por não gostar das mesmas coisas.
Cada um é como é , e cada um tem os seus feitíos.
Quando existe amor à primeira vista,podemos amar qualquer pessoa.
Qualquer pessoa pode amar se abrir o seu coração =).

Celeste Nº6 8º4ª

henrique disse...

creio que o autor queria representar uma historia de amor entre o gato malhado e a andorinha sinhá. queria representar o amor que havia entre eles,um amor que era impossivel. porque todos os outros animais achavam estranho um gato amar uma andorinha.o autor queria transmitir também que nao importa a cor, o feitio, os custumes o que importa mesmo é o amor que eles sentem um pelo outro.

henrique neiva
nº14 8º 4º

Sílvia disse...

Eu acho que o autor tenta transmitir é que o Gato Malhado lá no fundo era uma boa pessoa. Ele só se fazia de mau para impor respeito e não mostrava o quanto ele era simpático.
Quando ele se apaixonou pela Andorinha Sinhá, ele percebeu que não precisava de ser mau e podia ser ele mesmo. O autor mostra que se uma pessoa gosta de outra não importa o que os outros pensam ou dizem, o que importa éo sentimento que as pessoas sentem um pelo outro e que o amor quebra barreiras.

Biná disse...

Beatriz nº 4 8º4ª

olá, o que o autor pretende transmitir é que o amor nao têm regras , ninguém pode mudar o amor que cada pessoa sente pela outra, neste livro fala de uma andorinha , a andorinha sinhá que se apaixona pelo o gato, o gato malhado. Ninguém gostava dele por ele aparentar ser egoísta,mau e outras características negativas que os outros pensavam dele. ninguem aceitava o amor que eles sentiam um pelo outro, mas eles nao tem que aceitar nada , porque simplesmente o amor vem do coração nao da cabeça, e nao somos nós que escolhemos, é o destino . nunca mudem a vossa opiniao, gostem ou nao gostem , vocês é que sabem , vivem o amor , nao o desperdicem : )

Diogo disse...

Esta história do gato malhado e a andorinha sinhá é muito interesante. O que autor transmite e uma vida de amor um bocado triste, porque os outros animais descriminavam o casal por serem diferentes. Mas o amor nao tem nada a ver com a espécie ou com a idade.O importante e o que sentem.
NÃO DESCRIMINEM OS OUTROS.

Diogo Teixeira;
nº10; 8º4ª

henrique disse...

o autor permite transmitir o amor pela andorinha sinhá e pelo gato malhado apesar de ele ser discriminado como era e muito feio.também acho que o autor pretende transmitir que ate os mais feios tem hipóteses ao amor.

Rodrigo Medeiros
nº 19 8º 4º

Alef disse...

Bem eu já li este livro 2 vezes.
das 2 vezes que li gostei imenso
é uma história engraçada entre duas éspecies de animais.
Um gato e uma andorinha.
os dois com personalidades diferentes.
um amor quase impossivel porque os pais da anodrinha Sinhá eram muito controladores.
e no final do livro a andorrinha casa-se com outro passaro e o gato morre.

giovanna disse...

Bem, digamos que eu já li esta obra umas quantas vezes, mas sei que não era preciso tanto estudo para entender a ideia principal da história de amor entre estes dois animais. Sim, os animais também têm sentimentos, e não importa o quão diferentes os seres sejam, mas têm o direito de amar, igualmente como a beleza e a indiferença que reina este mundo. Na minha opinião acho que é isto que o autor tenta gritar, silenciosamente.
Cumprimentos,
Giovanna.
8º4º - nº13

Pedro Monteiro disse...

No fim de ler o conto o Malhado e a Andorinha Sinhá, de Jorge Amado que se trata de uma história de amor sobre um gato e uma andorinha mas o amor deles não era defendido por ninguém. As pessoas tinham uma ideia errada sobre o Gato Malhado pelo seu feitio, e por ele não ser a pessoa mais simpática do parque, acusavam-lhe de ter matado a pomba-rolha mais bela do parque, não tinham provas mas acusava-mo por ele não se relacionar com o resto dos animais do parque. Andorinha foi o único animal que deu atenção ao gato, sem o julgar e arriscou a conhecer o verdadeiro "eu" do gato malhado mesmo sendo um gato feio e rabugento. Ela será o único e verdadeiro amor do gato e ela também o amará Mas pelas suas diferenças tiveram de ser separados, ficaram apenas com as lembranças do seu amor, as lembranças do passado. Com isto entendemos que o amor supera todas as diferenças, e se não superar deveria. Porque esse sim é o verdadeiro amor.

Pedro Monteiro
nº18
8º 4ª

Nuno disse...

O que eu acho que o autor quer transmitir, é que o namoro da andorinha sinhá não é impossivel mas os pais da andorinha não o facilitavam então era também muito dificil de se encontrarem os dois.Eu gostava que um dia continuassem o livro e o gato malhado e a andorinha sinhá ficassem juntos


Nuno Ribeiro
8º4ª Nº17

Alef disse...

André Pereira nº2 8º 4ª

Quanto ao livro gostei acho que e uma historia de amor muito interessante porque e uma historia de amor diferente.Disserente porque e uma relação entre duas especies diferentes.E tambem ouve uma grande mudança de porsonalidades quanto ao Gato Malhado.E isso e bom porque e uma nova raça (gatorinha).

Espaço7Língua Portuguesa disse...

Sara Reis Nº21 8º4ª

Achei um livro muito interensante , porque mostra-nos um amor impossivel entre um gato e uma andorinha, sabendo que a andorinha estava prometida com o rouxinol ela teve de fazer uma escolha entre o rouxinol e o gato, quando escolheu o gato. Deu para nos transmitir que o amor não é impossivel, como algumas pessoas dizem. Gostei da escolha da andorinha, mostrou ser muito corajosa, para alem de não se importar com o que o outros pessavam o que supreende mais.O mais estranho é saber que um gato não pode voar tal como uma andorinha, mas por mais diferentes que sejam o que interessa é serem feliz um ao lado do outro. Também nos mostrou não devemos ter qualquer tipo de preconceitos, sejam eles quais forem.

Sílvia disse...

O autor do Gato Malhado e a Andorinha Sinhá queria transmitir que o amor pode superar tudo , até entre animais " diferentes " .
O Gato Malhado era uma personagem arrogante, solitário e mal humorado, mas quando conheceu a Andorinha Sinhá tudo mudou .
E a Andorinha Sinhá foi corajosa em ter aceitado as diferenças do Gato Malhado ..

~ > Melissa Lopes 8.4ª nº26 < ~

Sandra disse...

O Gato Malhado era muito criticado pela vizinhança por ser um velhaco atrevido, imbecil, mal educado, estúpido, nem aos cumprimentos das pessoas ele respondia ! Julgavam-no ser uma má pessoa por causa do seu visual.
As pessoas ficaram boquiabertas pela Andorinha estar a falar com o Gato Malhado, logo ele que era um mal educado de primeira, mas assim que falou com ele, a sua opinião mudou acerca dele .

catarina disse...

Esta história fala de um gato que se apaixona por uma andorinha, causando estranheza em todos os animais que habitavam num parque. Estranheza porque o gato malhado nao convivia com nenhum dos animais daquele parque, por ter fama de ser mau. Mas a andorinha por qual ele se apaixonou ja estava comprometida com o rouxinol. O amor do gato malhado e da andorinha sinhá era impossível porque eles eram muito diferentes. Eles deveriam ter ficado juntos mas as qualidades falaram mais alto. O autor escreveu um romance nao correspondido por ser um amor impossível mas, se eles gostavam um do outro deviam ter ficado juntos porque o AMOR é um sentimento muito bonito que é vivido entre 2 pessoas neste caso 2animais.

Catarina Pereira
nº2 8º3ª

desporto escolar e mundial disse...

bem eu ja li este texto muitas vezes e gostei bastante.
e uma historia que transmite muito amor e tbem muito preconceito
julgam a maneira de ser do gato malhado e tbem julgam o amor dele e da andorinha sinha
bem nao sei o que dizer mais e uma historia que pode mudar muita gente nesse mundo

Elsa disse...

Este conto fala de um romance não aceitado entre o Gato Malhado e a Andorinha Sinhá. O que o autor quer transmitir com este conto é que apesar de serem de raças diferentes podem viver um amor, como todos os outros que o vivem.
Eles provaram que o amor deles era mesmo verdadeiro porque mesmo depois de serem criticados e maltratados (Gato Malhado) continuaram a apostar no seu amor incondicional. O autor quer mostrar que para amar não interessa serem de raça diferente ou cultura diferente, basta apenas existir amor verdadeiro.

tiago disse...

O autor pretendia passar a mensagem que o amor é o sentimento que reina no mundo, neste caso a andorinha apaixonou se pelo gato, apesar de serem de raças diferentes, amavam se, infelizmente está historia não acabou com um final feliz, o mundo critica o diferente, como tal o mundo estava contra eles. Era impossível a sua união aos olhos da sociedade.

Pedro Bento Nº19 8º 3ª

catia disse...

Este conto é baseado numa história de amor entre o gato malhado e a andorinha sinhá.
O que o autor queria transmitir é que se o gato malhado gostasse mesmo da andorinha sinhá ele tinha de lutar por ela.
Se o amor entre eles era verdadeiro não importava a raça ou as diferenças entre eles.
Mas este romance não foi correspondido porque a andorinha já estava comprometida com o rouxinol, mas mesmo que ela quisesse ficar com o gato malhado não podiam porque os pais não aceitavam o amor deles.

Cátia Oliveira
Nº3 8º3ª

hugo Anjos disse...

O autor quer transmitir que o amor entre o gato e a andorinha sinhá é muito mais forte do que quaisquer diferenças que exista entre eles.
Ao mundo o autor pretende transmitir que não podemos julgar as pessoas pela aparência e que o amor prevalece sempre.

hugo Anjos disse...

O autor quer transmitir que o amor entre o gato e a andorinha sinhá é muito mais forte do que quaisquer diferenças que exista entre eles.
Ao mundo o autor pretende transmitir que não podemos julgar as pessoas pela aparência e que o amor prevalece sempre.

joao disse...

Tómas Fernandes nº22 8º3ª


Bem, esta história fala de um gato e de uma andorinha que se apaixonam num parque onde o gato e os outros animais habitavam,todos tinham medo do gato porque o achavam mau.
A andorinha tinha um noivo,mas estava apaixonada pelo gato malhado e o gato malhado por ela.
Eles eram animais muito diferentes, mas o amor falava mais alto.
Na minha opinião eles deviam ter ficado juntos.
O que o autor tenta transmitir que o romance não era correspondido, mas o amor falava mais alto.

catia disse...

Este conto é baseado numa história de amor entre o gato malhado e a andorinha sinhá.
O que o autor queria transmitir é que se o gato malhado gostasse mesmo da andorinha sinhá ele tinha de lutar por ela.
Se o amor entre eles era verdadeiro não importava a raça ou as diferenças entre eles.
Mas este romance não foi correspondido porque a andorinha já estava comprometida com o rouxinol, mas mesmo que ela quisesse ficar com o gato malhado não podiam porque os pais não aceitavam o amor deles.

Cátia Oliveira
Nº3 8º3ª

hugo Anjos disse...

O que o autor pretende transmitir é que o amor não escolhe as pessoas mas sim os sentimentos entre certas pessoas.É um bocadinho estranho porque um gato com uma andorinha na vida real não ia dar certo porque o gato matava a andorinha.Mas o autor também transmite que nada é impossível, o mesmo também quer dizer que hoje ainda há racismo pouco mas há e as pessoas vêm pela aparência não pelo coração.O que o autor quer transmitir é basicamente.

Elsa disse...

Este conto transmite-nos que não interessa a opinião publica para se viver um grande amor.
Que não se pode deixar ir abaixo com as criticas e os comentários menos bons.
Que pode-se amar mesmo tendo raça diferente.
Também nos transmite que muitas vezes as pessoas julgam-nos mesmo sem nos conhecerem ou apenas pela nossa aparência.
Valorizo este conto pois o Gato Malhado e a Andorinha Sinhá lutaram contra todos os comentários e os maldizeres das pessoas pelo seu amor.
Na vida não interessa a raça da qual se é mas sim o sentimento que sentimos.

Bruno Fati nº1 8º3ª

joao disse...

O autor quer transmitir e que as diferenças, os costumes, os feitios não importam desde que o amor entre eles seja verdadeiro.
E os pais e amigos não devem intreferir no seu sentimento.

joao rocha
8º3

tiago disse...

O gato malhado e a andorinha sinhá fala do amor, entre duas espécies de animais diferentes, o gato era feio, mas apesar disso a andorinha apaixonou se por aquele gato, solitário, e a ver de todos, mau, porque o que conta é o interior da pessoa.
Paulo Nº18 8º 3ª

joao disse...

Nuno Almeida nº17 8º3ª

Eu achei o livro interessante,ja o tinha lido umas quantas vezes.
Eu acho que o autor tenta trasmitir que os amores não são impossiveis mesmo sendo de raças diferentes,mas a Andorinha sinhá ja estava noiva do Rouxinol.
Este livro mostra que o amor supera tudo até entre animais de espécies muito diferentes.
O gato malhado era arrogante,mal humorado e solitário,mas a andorinha apareceu e o seu comportamneto mudou por completo.
A andorinha não ligou ao que os outros diziam e aceitou as diferenças entre eles.

hugo Anjos disse...

O autor mesmo sabendo que o amor entre o gato e a andorinha sinhá não é possível ele tenta fazer com que o amor entre eles resulte.

Luis Jorge nº16

Levilton disse...

Este conto fala-nos de um AMOR impossível, entre a Andorinha e o Gato Malhado, o autor na história tenta-nos transmitir a mensagem, que o amor entre "raças" diferentes, não é impossível, seja pelo que for, nesta história a Andorinha e o Gato Malhado, ficam juntos por muito tempo, para eles as diferenças não interessam, para eles o que interessa é o amor verdadeiro, que eles sentem um pelo outro..... No fim da história, o amor deles os 2 acaba, pois os pais da Andorinha, não aceitam aquela relação.

Na trova de Estêvão da Escuma: «O mundo só vai prestar (…)» dá-nos a entender, que a história, é de um amor, de "raças" diferentes, e que o mundo só irá prestar, quando um amor de "raças" diferentes for aceite.


Levilton Lima Nº15 8º3ª

joao disse...

O autor com esta história pretende transmitir que o amor é sempre possivel mesmo se forem inimigos ou de diferentes cores de diferentes costumes.
Não se deve julgar as pessoas pela aparência.

joãojorge
8º3ª

Levilton disse...

Neste conto é visível uma relação impossível, entre a Andorinha e o Gato Malhado, neles existe o amor verdadeiro, e para eles as diferenças, e os comentários das outras pessoas não importam, o que para eles importa é a sua cara metade, na Andorinha o Gato e vice-versa, neste conto infelizmente o AMOR de ambos, sai derrotado graças também aos pais da Andorinha que foram das pessoas que menos gostou daquela relação, fazendo Andorinha casar com o Rouxinol, um animal com qualidades que o Gato não tinha como belo, gentil...
O objectivo deste livro, é afirmar que não há amores impossíveis, seja por diferenças ou por o que for.
A trova de Estêvão da Escuma: "O mundo só vai prestar..." da para perceber que na história e na realidade o mundo só irá prestar quando se possa ter uma relação sem reacções negativas e maus comentários de outras pessoas.

David Santos Nº5 8º3ª

Joana disse...

O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá

Esta história está repleta de preconceito e racismo em relação às classes sociais e à raça dos animais. O que se assemelha muito ao mundo humano...
Por isso, é que o poeta diz "O mundo só vai prestar para nele se viver no dia em que a gente ver um gato maltês casar com uma alegre andorinha (...)", porque só aí é que vai haver igualdade entres os homens, e as pessoas passam a casar e estar juntas independentemente da raça e da classe social. Porque isso não é o mais importante, é apenas o que salta à vista, o mais importante é o amor que se sente um pelo outro.
Talvez o Jorge Amado pretendia transparecer que não se deve julgar nenhuma relação, nem nenhuma pessoa pela sua riqueza ou pela sua cor.
Todos se podem dar bem e formar um mundo melhor. Porque não começar desde já a fazer a diferença?!

Espaço7Língua Portuguesa disse...

Eu já li este livro 1 vez, e pelo o que a história conta , existe um amor entre 2 animais. E mesmo serem diferentes , isso não impede de gostarem um do outro , como o ditado diz: "Os opostos se atraem" E acho que foi isso que aconteceu com a andorinha e o gato.
E na minha opinião o livro quer afirmar que não existe amores impossíveis, apesar das diferenças que há entre eles. e se o amor deles é verdadeiro , não podem deixar que as diferenças impeçam a sua concretização.

Ana Sofia nº3 , 8º 1ª

Espaço7Língua Portuguesa disse...

o autor deste conto, quer transmitir que o amor consegue ser mais forte do que qualquer obstáculo. A cor, a idade, a raça, o tamanho, a beleza, etc. Não são razões para o impedir, o amor é um sentimento que consegue ultrapassar tudo. E as pessoas não têm que esconder aquilo que sentem ou ter vergonha de o assumir...
Não existem amores impossíveis, com muita luta e esforço tudo se consegue.
Ana Catarina, 8º1ª nº 1

Inês disse...

Gostei da relação amor/ódio entre o gato e o resto dos outros seres vivos, inclusive a andorinha.
Não gostei do facto de não terem ficado juntos quando se amavam, e de ela ter escolhido o rouxinol em vez de com o gato, apenas por aparência e por medo de represálias por parte dos outros habitantes do parque. O gato mostra bem a sua dor ao perder a sua amada! É um bom livro sim senhora!!! :)
Inês Freitas nº15 8º1ª

Espaço7Língua Portuguesa disse...

o que o autor tenta transmitir é que não poderá existir racismo pois,sendo da mesma cor da mesma espécie ou de outra coisa qualquer temos o direito de amar...


Sandro sousa
8º1ª
Nº22

Espaço7Língua Portuguesa disse...

Penso que este texto poderia ser mais interessante, nao pela historia em si mas pela maneira de escrever...
A hhistoria torna-se um pouco exaustiva passado pouco tempo, mas o enredo da historia é importante pois mo final(que e a parte mais "porreira" do livro) o conto desenrola-se.
Este conto é sobre um gato malhado e uma andorinha, ambos apaixonados mas com destinos muito diferentes. Nunca se conseguiram juntar porque seus habitos nao eram iguais nem nada parecido.
Infelizmente, no final do livro o gato e a andorinha seguem caminhos tristes, a aandorinha casa com o papagaio(penso eu) e o gato chega ao "final da estrada" suicidando-se indo para a boca de uma cobra(cascavel)
Este nao deveria ser o desenrolar de uma historia contada para crianças, pois tentam ensinar a "serem todos amigos e somos todos iguais" mas nao perecebo porque cada um nao faz auquilo que quer, caso da andorinha e do gato que seguiram destinos crueis graças as ambiçoes
Mas continuo apensar que a parte do fim e é a mais "fixe".
o livro poderia ser melhorado e esperav mais do autor.
Com os melhores cumprimentos

André Cara d'Anjo
Nº4 8º1ª

Espaço7Língua Portuguesa disse...

O que o autor quer transmitir é aparência não conta mas sim o interior da pessoa e que o amor não é impossivel pelo contrário é bem possível basta a pessoa querer e conseguir os seus objectivos. Não se deve ligar a idade nem como a pessoa é, o mais importante é o que se sente.
Não devem desciminar os outros pelo estado fisico !

Tatiana Alexandre nº25 8º 1ª

Espaço7Língua Portuguesa disse...

Na minha opinião o amor da andorinha sinhá e o gato malhado é o principal tema desta bela história de amor impossivel, pois um gato nao pode namorar nem casar com uma andorinha , vai contra as leis dos animais,mas contudo esse livro queria provar que não existe amores impossiveis seja de raças diferentes.

Inês disse...

O que o autor quer transmitir aos leitores com o livro, é que os humanos ou animais (no caso do livro) são preconceituosos, ligam mais ao exterior do que ao interior, não ligam ao que sentem, por medo do que os outros possam pensar sobre isso.
Não percebi o facto de a andorinha ter acabado com o rouxinol, se gostava era do gato, mas pronto.
Não era um livro que voltaria a ler.
Sara Ramos nº23 8º1ª

Espaço7Língua Portuguesa disse...

O texto do Gato Malhado e da Andorinha Sinhá é baseado num romance entre duas especies diferentes. No inicio estes dois odiavam-se mas depois com o tempo eles começaram a aproximar se um do outro e começaram a gostar um do outro e começou o inicio deste romance. Eles andavam sempre juntos mas sempre com medo que alguém viesse a descobrir, pois e proibido duas especies diferentes andarem juntas, mas as outras especies acabaram por descobrir, durante algum tempo andavam sempre nos mexericos. Entao os pais da andorinha Sinhá tiveram uma ideia, dessidiram casar a andorinha Sinhá com o Rouxinol. A andorinha Sinhá nao podia fazer nada! Ela foi obrigada a casar com o Rouxinol, a unica coisa que ela fez para avisar o gato Malhado foi mandar uma carta. O gato Malhado ficou com o coração partido em pedaçinhos...

Miguel Sardo Nº21 8º1ª

Espaço7Língua Portuguesa disse...

O autor quer transmitir que no amor nada é impossível, apesar de vários obstáculos, o amor tem que ser mais forte do que qualquer outra coisa. No amor não tem que haver diferenças, a raça, a cor, o tamanho, a idade nada disso importa quando se ama de verdade. Apesar de eles não terem acabado juntos, mostraram que gostavam um do outro de verdade.
Filipa nº 11 8º1ª

Espaço7Língua Portuguesa disse...

Este autor pretende transmitir que o amor nem sempre é impossivel, mesmo que as pessoas sejam muito diferentes . Também transmite que não devemos julgar as pessoas pela aparencia, cada um é como é e ningue, deve julgar ninguem.

Diogo Pereira nº9 8º1ª

Espaço7Língua Portuguesa disse...

este escritor com este texto mostra que o amor nao tem fronteiras, e nem todas podem acabar bem, como e o caso desta.
Também quer dizer que não se pode julgar as pessoas pela sua aparência, quem vê caras não vê corações.

Espaço7Língua Portuguesa disse...

O autor com este texto mostra como não se deve julgar as pessoas pela sua aparencia, nem pelos os seus atributos fisicos o que interessa é o que está dentro delas!
Também mostra que não existe amores impossiveis apesar deste não ter corrido muito bem.

Andreia Raposeiro nº5 8º1ª

Espaço7Língua Portuguesa disse...

Este texto foi hilariante fala de uma história lendissima de amor mas tem uns problemas pelo meio . este texto demonstra a diferença das coisas como uma gato e uma andorinha não se podem apaixonar.

Espaço7Língua Portuguesa disse...

O autor quer transmitir que o amor não é impossível, por muitos obstáculos que tenha, não importa a raça, cor, tamanho, idade (…) quando o amor é verdadeiro consegue ultrapassar tudo isso. No amor não importa aquilo que os outros pensam, o que importa é aquilo que sentimos e não temos que ter medo ou vergonha de o assumir. Quando é verdadeiro nada importa … Apesar de o final deste conto não ter sido dos melhores, foi uma grande história de amor que acabou por ser destruída, mas aqui ficou uma grande realidade do que é o amor.
Filipa, nº11 8º1ª

Espaço7Língua Portuguesa disse...

O livro "O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá" até é um livro interessante, este livro relata uma história entre duas espécies diferentes que gostam um do outro, mas vivem um suposto "amor imnpossível", pois os seus sentimentos são contra as leis deles. No desenrrolar desta história acontecem inumeras cosias que lhe mudaram as vidas. no final deste conto a Andorinha Sinhá segue o seu rumo e o Gato Malhado morre de desgosto.

BJOS,
Fábia Neto nº10 8º1ª

Gonçalo disse...

Nesta obra verificamos que o amor entre o Gato Malhado e a Andorinha Sinhá é forte ao ponto de transformar um gato mau, resmungão e solitário num gato sorridente, bem-disposto e que suspira. Contudo por mais forte que esse amor seja, não vai ser capaz de vencer de vencer a discriminação, diferença e as tradições. A moral da história é que o mundo tem muitas regras, restrições, muitas diferenças e ao mesmo tempo muita discriminação. Não é fácil fugir À tradição. Nesta história constatamos que por vezes o amor não consegue ultrapassar todas as barreiras. Como diz no livro... "Gato casa com gata!" e ponto final! Contudo pensamos que nesta história o autor está a ser irónico e contrariamente, ao que parece, ele defende o respeito pela diferença.

Gonçalo disse...

Nesta obra verificamos que o amor entre o Gato Malhado e a Andorinha Sinhá é forte ao ponto de transformar um gato mau, resmungão e solitário num gato sorridente, bem-disposto e que suspira. Contudo por mais forte que esse amor seja, não vai ser capaz de vencer de vencer a discriminação, diferença e as tradições. A moral da história é que o mundo tem muitas regras, restrições, muitas diferenças e ao mesmo tempo muita discriminação. Não é fácil fugir À tradição. Nesta história constatamos que por vezes o amor não consegue ultrapassar todas as barreiras. Como diz no livro... "Gato casa com gata!" e ponto final! Contudo pensamos que nesta história o autor está a ser irónico e contrariamente, ao que parece, ele defende o respeito pela diferença.

Gonçalo Fraga nº 14 8º 1ª

Espaço7Língua Portuguesa disse...

Li pela primeira vez livro e achei interessante. É um conto que relata uma história sobre dois animais que se amam, mas que vivem um amor impossível, pelo facto de que o que sentem ser contra as leis deles. Para concluir este romance no final a Andorinha casa-se e o Gato morre.

BJOS,
Marisa nº20 8º1ª

Espaço7Língua Portuguesa disse...

Achei a historia muito interessante e impressionante.
Um amor inesquecivil de duas pessoa diferentes ou devo dizer de dois animais diferentes.
Quando o gato se apaixonou pela andorinha mudou logo de atitude, isso sim é amor.
Achei o final muito triste pelo menos podia ter encontrado uma gata para o gato.

Tânia Afonso nº24 8º1ª

Frederico disse...

A historia do Gato Malhado e da Andorinha Sinhá é ima história em que o autor quis falar de um amor imtemporal e que não liga as diferencas.
A diferença é um grande problema desta sociedad. As pessoas não respeitam as diferenças: as diferentes culturas, crenças, nacionalidade ou cor. O autor quis mostrar que era contra isso. Quis mostrar que o amor é mais importante e a cor dos olhos é mais imporatnte do que o que os outros pensam. Gostei muito desta obra e da moral que transmite. Não importa a cor ou qualquer outra diferença, o amor é mais importante.

Gabilax disse...

No mundo dos homens existe também o amor que podemos chamar de amor impossível.
Nesta história podemos observar um grande amor, cheio de luta e algum preconceito.
A diferença de classes também é um problema para estes apaixonados, porque a “Andorinha Sinhá” era da classe social alta e o “Gato Malhado” era o vagabundo do parque.
Na vida real as diferenças de classes ,o preconceito e o racismo são três factos que podem impedir o relacionamento entre duas ou mais pessoas.
Nesta história existe muito preconceito e racismo, devido a um Gato que é o verdadeiro inimigo das Andorinhas, também devido à má fama que tinha e todos os habitantes o temiam e acusavam-no de todo o mal que acontecia no parque.
Esta trava e filosofia de Estêvão da Escuna, quer-nos dizer que no mundo é impossível ver um gato maltês casar com uma alegre andorinha e mostra-nos que este amor é impossível.
E para finalizar esta história mostra o que o amor e a infelicidade pode mudar numa pessoa, porque quando estes 2 sentimentos se unem podem levar as pessoas ao extremo.
E eu não concordo, porque para mim quando se ama, a que fazer os possíveis e os impossíveis para ficarmos com a pessoa de quem se ama e não ligar ao que as outras pessoas dizem ou pensam.

Mariana Paulos, 8º1ª